Amazônia: características, biodiversidade, ameaças – Biologia Net

A Amazônia é o maior bioma brasiliano e é conhecida mundialmente em virtude de sua grande biodiversidade e por nela estar presente a Floresta Amazônica. Esse bioma apresenta uma grande heterogeneidade florística, contendo espécies com preço alimentícia, medicinal, entre outras.

Aliás, esse bioma atua também na regulação do clima, sendo de grande preço para todo o mundo. A seguir, falaremos mais sobre esse bioma, suas características, espécies que nele habitam, a sua preço e também as ameaças sofridas pela ação do varão.

A Floresta Amazônica está presente no bioma Amazônia e encontra-se distribuída pela Região Norte do Brasil, além de países como Colômbia e Equador.
A Floresta Amazônica está presente no bioma Amazônia e encontra-se distribuída pela Região Setentrião do Brasil, além de países porquê Colômbia e Equador.

Características gerais da Amazônia

A Amazônia é o maior bioma brasiliano. Ela está localizada na Região Setentrião do Brasil e ocupa uma dimensão de mais de 4.000.000 km², muro de um terço da dimensão totalidade do país. No entanto, ele não está presente somente no território brasiliano, podendo ser encontrado também na Colômbia, Equador, Bolívia, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela, ocupando, assim, uma dimensão totalidade de muro de 5.500.000 km².

O clima nessa região é o equatorial, que é quente e úmido. Na porção brasileira, a temperatura varia entre 25ºC e 29ºC. O solo é rico e apresenta grande ciclagem de nutrientes, no entanto, a redução da cobertura vegetal pelas ações antrópicas gera grandes impactos.

Uma das principais características do bioma é a presença de uma imensa dimensão ocupada por floresta ombrófila densa (ombrófila, do heleno “amiga da chuva”). Essa floresta pode pode apresentar algumas variações marcantes, sendo logo denominada de:

  • Mata de igapó: passa a maior segmento do ano inundada com as águas provenientes dos rios de águas negras e transparentes. Nessa região, encontram-se muitas vegetais adaptadas para viver em ambientes alagados.

  • Mata de várzea: essa região também é afetada pelas inundações periódicas, mas as águas são provenientes de rios de águas brancas. Pode homiziar solo fértil, pois, com a elevação dos níveis dos rios, pode ocorrer o acúmulo de sedimentos ricos em nutrientes.

  • Mata de terreno firme: diferentemente das demais regiões, não é afetada da mesma forma pelas enchentes, já que se encontra em áreas mais elevadas.

Leia mais:  Oceano Atlântico: características, importância, mapa

Leia também: O que é fauna e flora?

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Bacia Amazônica

Na Amazônia, encontra-se a maior bacia hidrográfica do planeta. A Bacia Amazônica apresenta muro de 7.000.000 km² com 1.100 afluentes. Seu principal rio é o Amazonas, que lança ao mar muro de 175 milhões de litros d’chuva por segundo. Os rios da Amazônia apresentam características distintas. Há rios que apresentam águas claras, porquê o Rio Xingu, mas também há os rios de águas negras ou pretas, porquê o Rio Preto, e rios de águas brancas, porquê o Solimões.

O principal rio da Bacia Amazônica é o Rio Amazonas.
O principal rio da Bacia Amazônica é o Rio Amazonas.

Os rios de águas pretas apresentam essa coloração devido à grande quantidade de ácidos húmicos na chuva. Já os rios de águas brancas apresentam subida turbidez, decorrente, principalmente, de processos erosivos. Os rios de águas claras apresentam baixa turbidez. Os rios da Amazônia escoam 20% da chuva rebuçado do mundo.

Biodiversidade na Amazônia

A Amazônia é umas das regiões do mundo de maior biodiversidade, servindo de habitat para inúmeras espécies de animais e vegetais.

Na Amazônia podem ser encontradas mais de 40 mil espécies de plantas. Dentre elas, podemos destacar o açaí, bastante utilizado na alimentação.
Na Amazônia podem ser encontradas mais de 40 milénio espécies de vegetais. Dentre elas, podemos primar o açaí, bastante utilizado na sustento.

A flora amazônica é extremamente diversificada, apresentando muro de 40.000 espécies de vegetais. Essas espécies são de extrema preço, não somente para o estabilidade do ecossistema, mas também pelo seu valor econômico, sendo utilizadas, por exemplo, na sustento e fabricação de medicamentos. São exemplos de vegetais pertencentes à flora amazônica: andiroba, bacuri, castanheira, açaí, seringueira, entre outras.

O peixe-boi-da-amazônia é um mamífero que compõe a fauna amazônica. Embora sua caça seja ilegal, ela ainda ocorre para o consumo de sua carne.
O peixe-boi-da-amazônia é um mamífero que compõe a fauna amazônica. Embora sua caça seja proibido, ela ainda ocorre para o consumo de sua músculos.

Assim porquê a flora, a fauna da Amazônia também é bastante diversificada, apresentando muro de 1.300 espécies de aves, 3 milénio espécies de peixes, 427 espécies de anfíbios, 378 espécies de répteis e mais de 300 espécies de mamíferos. São exemplos de animais pertencentes à fauna amazônica: o peixe-boi-da-amazônia, boto-vermelho (ou cor-de-rosa), lontra, ariranha, entre outros.

Leia mais:  Qual a melhor cerveja no Brasil? Proteste avaliou 11 marcas

A ariranha é um bicho encontrado na Amazônia que se encontra em risco de extinção. Conheça outros animais em risco lendo nosso texto: Animais ameaçados de extinção.

Veja também: Animais carnívoros – quais são e hábitos

Prestígio da Amazônia

A Amazônia atua na regulação climática, tendo influência direta sobre os regimes de chuva no continente. Em virtude da evapotranspiração (soma da evaporação da chuva pela superfície do solo com a transpiração das vegetais), o ar em movimento mantém-se úmido, direcionando as chuvas para o interno do continente.

A Amazônia atua também na retenção de carbono atmosférico, por meio da sucção desse gás pelas vegetais, contribuindo assim com a subtracção da quantidade de dióxido de carbono que é lançado na atmosfera. Aliás, é importante primar a preço da Amazônia para os povos que dependem unicamente dela para tirar todo o seu sustento, porquê os povos indígenas, as populações ribeirinhas, entre outros.

Acesse também: Poluição atmosférica: quais são os tipos?

Ameaças à Amazônia

A construção de barragens altera as características dos corpos d'água, afetando, assim, todo o ecossistema aquático.
A construção de barragens altera as características dos corpos d’chuva, afetando, assim, todo o ecossistema aquático.

Embora apresente uma preço a nível mundial, a Amazônia sofre constantes ameaças em razão das ações antrópicas, a saber:

  • Queimadas;

  • Desmatamento, seja para extração de madeira, seja para a lisura de áreas para a agropecuária;

  • Mineração;

  • Biopirataria;

  • Construção de obras de infraestrutura, porquê as hidrelétricas.

Mediante a preço desse bioma e todo o processo de ruína que vem sofrendo, foi estabelecido o dia 05 de setembro porquê o Dia da Amazônia. Essa data tem porquê objetivo conscientizar a população sobre a preço desse bioma para todo o mundo e a urgência de sua preservação.

Por
Helivania Sardinha dos Santos

you are watchingt: Amazônia: características, biodiversidade, ameaças – Biologia Net
Source Website: https://sacaairports.org
Categoría: brasil

Leave a Reply