Estados do Brasil: capitais, siglas, dados gerais

Os estados do Brasil são, segundo definição do Instituto Brasiliano de Geografia e Estatística, entidades autônomas que possuem seus próprios governos, muito porquê suas próprias constituições. Juntos, formam a República Federativa do Brasil. São também denominados unidades federativas.

O Brasil já passou por diversas regionalizações, as quais mudaram a feição do território brasílico ao longo dos anos. A atual regionalização está relacionada com a Constituição Federalista de 1988, na qual alguns estados surgiram e outros territórios foram elevados à categoria de estado.

Veja também: Planta do Brasil

Estados brasileiros e siglas

Planta dos estados e capitais do Brasil

Estados do Brasil e suas respectivas capitais

Estados

Capital

Acre

Rio Branco

Alagoas

Maceió

Amapá

Macapá

Amazonas

Manaus

Bahia

Salvador

Ceará

Fortaleza

Espírito Santo

Vitória

Goiás

Goiânia

Maranhão

São Luís

Mato Grosso

Cuiabá

Mato Grosso do Sul

Campo Grande

Minas Gerais

Belo Horizonte

Pará

Belém

Paraíba

João Pessoa

Paraná

Curitiba

Pernambuco

Recife

Piauí

Teresina

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Rio Grande do Setentrião

Natal

Rio Grande do Sul

Porto Contente

Rondônia

Porto Velho

Roraima

Boa Vista

Santa Catarina

Florianópolis

São Paulo

São Paulo

Sergipe

Aracaju

Tocantins

Palmas

Região Federalista

Brasília (capital do país e sede do governo)

Quantos estados tem o Brasil?

Atualmente, o Brasil é dividido em 26 estados e o Região Federalista, ao todo são 27 unidades federativas. Todavia, o território brasílico nem sempre foi organizado dessa forma. Entre os anos de 1500 e 1822 (período colonial), o Brasil não existia porquê uma país. A segmento conhecida do país era de posse do governo português e também do espanhol, tendo sido dividida em capitanias hereditárias.

Por volta de 1789, houve modificações na organização do território com a expansão territorial proporcionada pelo Tratado de Madri, e nomes porquê Grão-Pará e São Paulo já eram conhecidos no território brasílico. A partir de 1889, os contornos do Brasil estavam mais próximos dos que conhecemos atualmente. A região do Grão-Pará foi extinta e deu origem à província do Pará e à província do Amazonas. Foi a partir da Proclamação da República, em 1889, que as províncias brasileiras tornaram-se estados, oficializados por meio da Constituição de 1891.

[publicidade_omnia]

Em 1942, criaram-se o território de Rio Branco (que, depois, elevou-se à categoria de estado e foi nomeado Roraima) e o arquipélago de Fernando de Noronha. A partir de 1943, o Acre torna-se um território governado pelo governo brasílico. No ano de 1960, o território do estado de Goiás foi desmembrado, na lema, do território do estado de Minas Gerais, passando a homiziar portanto a capital do país, Brasília, sediada no que ficou divulgado porquê Região Federalista. No ano de 1962, o território do Acre elevou-se à categoria de estado. No ano de 1977, a segmento sul do estado do Mato Grosso deu origem ao estado do Mato Grosso do Sul. Em 1991, foi criado o estado de Rondônia.

Leia mais:  Vice-presidentes que assumiram o governo do Brasil

A atual feição do território brasílico deu-se a partir da Constituição Federalista de 1988. Amapá e Roraima foram elevados à categoria de estado. Fernando de Noronha foi integrado ao estado de Pernambuco. O estado de Goiás foi novamente desmembrado e sua porção setentrião deu origem ao estado do Tocantins.

Regiões do Brasil

Segundo a classificação do IBGE, o Brasil é dividido em cinco regiões.
Segundo a classificação do IBGE, o Brasil é dividido em cinco regiões.

O Brasil é dividido, segundo o IBGE, em cinco regiões. Essas representam agrupamentos de estados que possuem características semelhantes, as quais, em conjunto, permitem uma melhor estudo e tradução de dados de suas áreas comuns e, consequentemente, de suas respectivas regiões. Ao contrário dos estados, as regiões não possuem um governo ou representantes jurídicos, representando somente a união das unidades federativas que se assemelham de convenção com diversos fatores.

Leia mais: Regiões do Brasil

As cinco regiões são:

1) Setentrião

É a maior região em extensão territorial, correspondendo a, aproximadamente, 45,2% do território vernáculo, segundo o IBGE. Compreende sete estados: Amazonas, Acre, Amapá, Tocantins, Pará, Roraima e Rondônia. Para saber mais sobre isso, leia o texto: Região Setentrião do Brasil

  • Acre: possui murado 164.123,738 km² e uma população estimada em 869.265 habitantes. Quem nasce nesse estado é acreano. Possui 22 municípios.

  • Amazonas: possui, aproximadamente, 1.559.146 km² e uma população estimada em 4.080.611 habitantes. Quem nasce nesse estado é amazonense. Apresenta 62 municípios.

  • Amapá: possui murado de 142.828 km² e uma população estimada em 829.494 habitantes. Quem nasce nesse estado é amapaense. Apresenta 16 municípios.

  • Tocantins: abrange uma superfície de 277.620 km² e possui uma população estimada em 1.550.194 habitantes. Quem nasce nesse estado é tocantinense. Possui 139 municípios.

  • Pará: apresenta murado de 1.247.954 km² e uma população totalidade de 8.578.051 habitantes. Quem nasce nesse estado é paraense. Possui 144 municípios.

  • Roraima: possui 224.300 km² e uma população de, aproximadamente, 576.568 habitantes. Quem nasce nesse estado é roraimense. Apresenta 15 municípios.

  • Rondônia: apresenta murado de 237.590 e uma população estimada em 1.787.279 habitantes. Quem nasce nesse estado é rondoniense. Possui 52 municípios.

2) Nordeste

É a região com maior número de estados e a terceira maior do país, correspondendo a, aproximadamente, 18% do território brasílico, segundo o IBGE. Compreende nove estados, sendo eles: Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Setentrião, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. Para saber mais sobre isso, leia o texto: Região Nordeste do Brasil.

  • Ceará: tem uma superfície estimada em 148.920 km² e uma população de 9.075.649 habitantes. Quem nasse nesse estado é cearense. Possui 184 municípios.

  • Alagoas: possui murado 27.848 km² e uma população estimada em 3.322.820 habitantes. Quem nasce nesse estado é alagoano. Apresenta 102 municípios.

  • Bahia: apresenta uma superfície de 584.733 km² e população de, aproximadamente, 14.812.617 habitantes. Quem nasce nesse estado é baiano. Possui 417 municípios.

  • Maranhão: possui uma superfície de, aproximadamente, 331.937 km² e uma população de murado de 7.035.055 de habitantes. Quem nasce nesse estado é maranhense. Apresenta 217 municípios.

  • Paraíba: abrange uma superfície de 56.469 km² e tem de 3.996.496 habitantes. Quem nasce nesse estado é paraibano. Possui 223 municípios.

  • Pernambuco: compreende uma superfície de, aproximadamente, 98.149 km² e tem murado de 9.496.294 de habitantes. Quem nasce nesse estado é pernambucano. Possui 185 municípios.

  • Piauí: possui 251.577 km², aproximadamente, e uma população de 3.264.531 habitantes. Quem nasce nesse estado é piauiense. Apresenta 224 municípios.

  • Rio Grande do Setentrião: abrange uma superfície de, aproximadamente, 52.811 km² e tem uma população totalidade de 3.479.010 habitantes. Quem nasce nesse estado é norte-rio-grandense ou potiguar. Possui 167 municípios.

  • Sergipe: possui uma superfície de murado de 21.915 km² e um totalidade de 2.278.308 habitantes. Quem nasce nesse estado é sergipano. Apresenta 75 municípios.

3) Meio-Oeste

É a segunda maior região do Brasil, territorialmente, com uma superfície de murado de 1.606.403 km². Compreende três estados, sendo eles: Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Além deles, nessa região localiza-se também o Região Federalista. Para saber mais sobre isso, ler o texto: Região Meio-Oeste do Brasil.

  • Goiás: compreende uma superfície de 340.111 km² e uma população estimada em 6.991.161 habitantes. Quem nasce nesse estado é goiano. Possui 246 municípios.

  • Mato Grosso: possui uma superfície de 903.378 km² e, aproximadamente, 3.441.998 habitantes. Quem nasce nesse estado é mato-grossense. Possui 141 municípios.

  • Mato Grosso do Sul: abrange uma superfície de, aproximadamente, 357.145 km² e uma população totalidade de 2.478.023 habitantes. Quem nasce nesse estado é sul-mato-grossense. Possui 77 municípios.

    Região Federalista (unidade federativa): possui murado de 5.779 km² e uma população totalidade de 3.039.444 habitantes. Quem nasce no Região Federalista é brasiliense.

4) Sudeste

É a segunda menor região do país em extensão territorial, ao passo que é a região de maior relevância econômica, considerada o meio de desenvolvimento do Brasil, responsável por murado de 55,2% do Resultado Interno Bruto. É composta por quatro estados: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Para saber mais sobre isso, leia o texto: Região Sudeste do Brasil.

  • Espírito Santo: possui uma superfície de 46.095 km² e uma população totalidade de 4.016.356. Quem nasce nesse estado é capixaba ou espírito-santense. Apresenta 78 municípios.

  • Minas Gerais: apresenta uma superfície de 586.522 km² e murado de 21.119.536 de habitantes. Quem nasce nesse estado é mineiro. Possui 853 municípios.

  • Rio de Janeiro: compreende uma superfície de, aproximadamente, 43.780 km² e uma população totalidade de 16.718.956 habitantes. Quem nasce nesse estado é fluminense. Possui 92 municípios.

  • São Paulo: abrange uma superfície de 248.222 km² e um totalidade aproximado de 45.538.936 habitantes. Quem nasce nesse estado é paulista. Possui 645 municípios.

5) Sul

É a menor região do Brasil em extensão territorial correspondendo a, somente, 6,8% do território brasílico. Compreende três estados: Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Saiba mais: A população da Região Sul

  • Paraná: apresenta uma superfície de, aproximadamente, 199.307 km² e uma população totalidade de 11.348.937 habitantes. Quem nasce nesse estado é paranaense. Possui 399 municípios.

  • Santa Catarina: abrange uma superfície de 95.736 km² e apresenta uma população totalidade de 6.910.553 habitantes. Quem nasce nesse estado é catarinense. Possui 295 municípios.

  • Rio Grande do Sul: compreende uma superfície de, aproximadamente, 281.730 e uma população totalidade de 11.329.605 habitantes. Quem nasce nesse estado é gaúcho ou sul-rio-grandense. Possui 497 municípios.

Principais estados brasileiros

Para pautar a atuação dos gestores públicos em prover os serviços básicos necessários à população, foi criado o Ranking de Competitividade dos Estados, em 2011, pelo Meio de Liderança Pública. O objetivo desse ranking é determinar a gestão pública, muito porquê facilitar o cidadão a compreender as principais questões do seu estado. Isso é feito com base em 10 pilares estratégicos, porquê sustentabilidade ambiental, capital humano, ensino, infraestrutura, segurança pública e 68 outros indicadores, sendo esses reavaliados a cada ano.

Segundo o nível de competitividade, o estado de São Paulo lidera o ranking seguido pelo estado de Santa Catarina, com Região Federalista em terceiro lugar e o Paraná em quarto. Os estados com os menores desempenhos no ranking são o Acre, que assume a última posição, Maranhão, Sergipe e Amapá.|1|

Nota

|1| Ranking de Competitividade. Para acessar, clique cá.

you are watchingt: Estados do Brasil: capitais, siglas, dados gerais
Source Website: https://sacaairports.org
Categoría: brasil

Leave a Reply