Oceano Atlântico: características, importância, mapa

O oceano Atlântico é um conjunto de águas que recobre 85 milhões de km² da superfície terrestre e banha o leste do continente americano e a costa oeste da Europa e da África. Trata-se do segundo maior oceano do planeta e aquele que alcança o maior número de países.

É uma das vias de navegação mais movimentadas do mundo, considerando que conecta áreas de intenso dinamismo econômico. Atualmente um dos seus maiores problemas ambientais é a poluição por plástico e microplástico.

Leia também: O que são as marés?

Quais as características do oceano Atlântico?

O Atlântico é um conjunto de águas que recobre murado de 16,7% da superfície terrestre, o equivalente a 85,13 milhões de quilômetros quadrados. Trata-se do segundo maior oceano do planeta, detrás exclusivamente do Pacífico. Comporta um volume de 310,4 milhões de km³ de chuva, quase a metade do primeiro posto.

O Atlântico é um oceano consideravelmente estreito se comparado ao Pacífico, uma vez que podemos observar no mapa supra, mas possui ampla extensão longitudinal e está em contato com todos os outros oceanos que recobrem o planeta: Ártico, Pacífico, Índico e Antártico.

Em sua formação, encontramos uma série de golfos, baías, estreitos e mares. Dentre estes, destacam-se os seguintes:

  • Mar do Caribe

  • Mar de Labrador

  • Mar Mediterrâneo

  • Mar Preto

  • Mar da Noruega

  • Mar da Groenlândia

  • Mar da Escócia

  • Mar do Setentrião

  • Mar Báltico

  • Mar da Irlanda

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Geografia do oceano Atlântico

O Atlântico se estende do paralelo de 60º N ao paralelo de 60º S, que marcam, respectivamente, a transição para as águas dos oceanos Ártico e Antártico. Neste se encontra a Passagem de Drake, situada no extremo sul da América e que indica a separação dos continentes americano e antártico. As águas do Atlântico são comumente divididas entre Atlântico Setentrião e Atlântico Sul, conforme a disposição dos hemisférios.

Por abranger uma extensa tira longitudinal, o Atlântico banha quase todas as zonas climáticas do planeta, com exceção das zonas polares. Isso significa que suas águas estão sujeitas a diferentes sistemas de pressão e circulação atmosférica. Fenômenos uma vez que tempestades tropicais e extratropicais e furacões têm origem nas águas mais próximas do Equador. Algumas das áreas de formação são o golfo do México, na América do Setentrião, e também as próximas de Cabo Verdejante, no noroeste da África.

Rochas vulcânicas do Atlântico Norte, na Islândia.
Rochas vulcânicas do Atlântico Setentrião, na Islândia.

A principal forma do relevo oceânico atlântico é a dorsal Meso-Atlântica, uma serrania que possui 1600 metros de largura e se estende, de setentrião a sul, no meio do assoalho oceânico. Sua origem remete ao processo de sinceridade e formação do Atlântico, sendo, portanto, composta por rochas vulcânicas. As elevações podem chegar a até cinco milénio metros, e, em determinados trechos, ela se projeta pela superfície e dá origem a ilhas vulcânicas.

Leia mais:  Território brasileiro - Toda Matéria

Na sequência da dorsal estão as planícies abissais, em que pode ter morros que representam vulcões inativos, o talude continental e, por término, a plataforma continental. Em áreas de encontro de placas tectônicas e falhamentos, encontram-se as fossas oceânicas. Fica em uma dessas formações o ponto mais inferior do Atlântico, nomeado depressão de Milwalkee, na fossa de Porto Rico, a 8605 metros de profundidade.

Veja também: Quais são os fatores de formação dos solos?

Qual a valia do oceano Atlântico?

O oceano Atlântico detém grande valia econômica, o que se deve tanto à sua distribuição espacial quanto aos recursos naturais encontrados em suas águas e na plataforma continental. Em primeiro lugar, esse oceano separa grandes continentes, onde estão instalados portos altamente movimentados e que promovem o escoamento de uma série de produtos essenciais para o negócio internacional. O Atlântico se torna, portanto, uma rota marítima muito utilizada, sendo um dos oceanos com o tráfico mais intenso de embarcações.

A pesca é uma importante atividade desenvolvida tanto para a subsistência quanto para fins comerciais. A intensificação dessa modalidade em específico tem sido bastante prejudicial para a manutenção de diversas espécies de peixes e, principalmente, de baleias.

Reservas de petróleo e gás oriundo são também encontradas no golfo do México, mar do Caribe, mar do Setentrião e ao longo da costa brasileira. Outro setor de destaque na economia é o do turismo, realizado nas inúmeras praias dispostas ao longo de sua tira litorânea e nas diversas ilhas paradisíacas, envolvendo atividades uma vez que visitação, cruzeiros e mergulho.

A biodiversidade marinha do Atlântico é um dos fatores que lhe conferem valia.

Por término, uma gama de ecossistemas marinhos é identificada no oceano Atlântico, cujas águas servem uma vez que habitat para uma vasta biodiversidade, que abarca vegetais e animais que vivem tanto em águas rasas quanto em grandes profundidades, uma vez que:

Leia mais:  Proclamação da República no Brasil completa 127 anos

Problemas ambientais do oceano Atlântico

O oceano Atlântico enfrenta diversos problemas ambientais causados direta e indiretamente pela ação antrópica. Um dos maiores deles é o acúmulo de enormes quantidades de plástico e microplástico. Um estudo recente, publicado na revista científica Nature, estima que o montante desse material presente hoje no Atlântico chega a ser 10 vezes maior do que se acreditava há alguns anos, contabilizando 200 milhões de toneladas.

No universal, o descarte de lixo e rejeitos urbanos e industriais (que podem incluir substâncias altamente tóxicas) não tratados constitui uma grande prenúncio à qualidade das águas e à biodiversidade. Ressalta-se que o lixo pode ser oriundo tanto das áreas habitadas nas zonas costeiras quanto das embarcações que navegam diariamente pelos mares do Atlântico.

A poluição é um dos mais graves problemas ambientais do oceano Atlântico.

O Atlântico sofre também com derramamentos de petróleo por secção de navios-tanques e das áreas onde se dá a extração propriamente dita, provocando estragos uma vez que a morte de animais marinhos e algas e a ruína de seus habitat naturais, e, ainda, causando prejuízo direto às populações que retiram o seu sustento dessas águas.

Veja também: Consequências das ações antrópicas no meio envolvente

Quais os continentes e países banhados pelo oceano Atlântico?

O Atlântico é o oceano que abrange o maior número de países e territórios, totalizando 111.866 km de tira litorânea. Suas águas alcançam secção da costa e ilhas pertencentes a três continentes, sendo eles:

Confira quais são os principais países de cada um dos continentes banhados pelo Atlântico:

  • América Meão e Caribe

Curiosidades sobre o oceano Atlântico

  • Seu nome deriva de Atlas, titã da mitologia grega que ficou publicado uma vez que senhor das águas.

  • Até o ano 2000, a porção de águas inferior do paralelo de 60º S integrava o oceano Atlântico. Uma novidade delimitação da Organização Hidrográfica Internacional definiu que essa dimensão comporia, a partir de logo, um outro oceano, o Antártico.

  • O mar do Caribe é o mais extenso dos mares que formam o Atlântico, recobrindo uma dimensão de 2,75 milhões km². Na sequência está o mar Mediterrâneo, com 2,51 milhões de km².

  • Fica no Atlântico o famoso Triângulo das Bermudas, dimensão conhecida pelo desaparecimento misterioso de uma série de embarcações e aviões, além de ser foco de problemas em aparelhos eletrônicos. Foi e ainda é tema de muitas obras de ficção científica. Pesquisadores acreditam que a explicação para tais fenômenos esteja no campo magnético terrestre.

Leia mais:  Estados do Brasil: capitais, siglas, dados gerais

Exercícios resolvidos

Questão 1 – O oceano Atlântico é o segundo maior conjunto de águas da hidrosfera terrestre. Ele banha importantes áreas econômicas dos continentes americano, europeu e africano, recebendo, por conta disso, um intenso tráfico quotidiano de embarcações.

Leia as afirmações inferior a saudação desse oceano e assinale a incorreta.

A) Possui grande extensão longitudinal e tem contato com todos os outros quatro oceanos.

B) Nas áreas próximas da Traço do equador, são geradas as grandes tempestades tropicais que atingem os países da América Meão.

C) Um dos seus principais problemas ambientais enfrentados é a poluição por plásticos.

D) Localiza-se em Porto Rico a maior profundidade oceânica do mundo: as fossas Marianas, que chegam a quase 11 milénio metros inferior da superfície.

Solução

Selecção D. As fossas Marinas ficam no oceano Pacífico, situadas próximo das ilhas de mesmo nome.

Questão 2 – (Fuvest 2015) Observe a figura, com destaque para a dorsal Atlântica.

Avalie as seguintes afirmações:

I. Segundo a teoria da tectônica de placas, os continentes africano e americano continuam se afastando um do outro.

II. A presença de rochas mais jovens próximas à dorsal Atlântica comparada à de rochas mais antigas, em locais mais distantes, é um indicativo da existência de limites entre placas tectônicas divergentes no assoalho oceânico.

III. Semelhanças entre rochas e fósseis encontrados nos continentes que, hoje, estão separados pelo oceano Atlântico são consideradas evidências de que um dia esses continentes estiveram unidos.

IV. A formação da calabouço montanhosa dorsal Atlântica resultou de um choque entre as placas tectônicas norte-americana e africana.

Está correto o que se afirma em:

A) I, II e III, exclusivamente.

B) I, II e IV, exclusivamente.

C) II, III e IV, exclusivamente.

D) I, III e IV, exclusivamente.

E) I, II, III e IV.

Solução

Selecção A. Exclusivamente a afirmativa IV é incorreta, uma vez que a dorsal Atlântica é resultante do processo de solidão das placas tectônicas. Nas áreas de contato, são produzidas as fossas oceânicas.

you are watchingt: Oceano Atlântico: características, importância, mapa
Source Website: https://sacaairports.org
Categoría: brasil

Leave a Reply