Os 10 carros mais baratos do Brasil em 2021: preços e análises

O aumento sucessivo de preços dos automóveis tem pego muita gente de surpresa na hora de comprar o 0 km. Hoje, está cada vez mais vasqueiro encontrar modelos inferior dos R$ 70 milénio no mercado. Preços inferiores a R$ 60 milénio, portanto, contam-se nos dedos de uma das mãos. Se a régua for R$ 50 milénio, aí só o polegar e o indicador… Tempo de verificar quais são os carros mais baratos do Brasil na atualidade para que você veja logo se o padrão sonhado cabe no orçamento – ou, se preferir, os menos caros.

E corra para comprar antes de um novo reajuste. Consideramos sempre o padrão pela versão mais barata da risca com base nos preços públicos sugeridos pelas montadoras (exceto para os estados de São Paulo e Paraíba) em 7 junho de 2021.

VEJA TAMBÉM:

1. Fiat Mobi: o sege mais barato do Brasil

fiat mobi easy branco 2021 1
  • Preço inicial: R$ 43.990
  • Versão: Easy
  • Motor: 1.0 8V

O sege mais barato do Brasil agora é o subcompacto da marca italiana. O padrão lançado em 2016 sempre tentou assumir esse posto, mas era sempre incomodado pela concorrência. Ora pelo falecido chinês Chery QQ, e depois pelo Renault Kwid, que invariavelmente tinham exemplares mais em conta. O Mobi, inclusive, só “desbancou” o rival da marca francesa neste último mês.

A versão que custa menos de R$ 44 milénio tem o mínimo para se sobreviver – mas sem muita distinção também. Banco rebatível, tomada 12V, calotas nas rodas e comando interno dos espelhos retrovisores. Ar e direção hidráulica não figuram nem entre os opcionais e o motor é o velho 1.0 Fire.

2. Renault Kwid

renault kwid life branco de frente
  • Preço inicial: R$ 44.390
  • Versão: Life
  • Motor: 1.0 12V

O Kwid foi lançado em 2017 e sempre figurou entre os carros mais baratos do país. Na estreia, inclusive, carregava a nomeada de padrão mais em conta do mercado, só que inferior de R$ 30 milénio! Isso mesmo, o carrinho custava R$ 29.990 na pré-venda de quatro anos detrás, ou seja: aumentou 48% nesse tempo.

Mas não ache que os reajustes vão frear por agora, não. O padrão ultrapassou a barreira dos R$ 40 milénio no ano pretérito, e do mês pretérito para cá já sofreu reajuste de novo. Esta versão Life custava R$ 42.690 no início de maio e em junho ficou mais rosto que o Mobi Easy.

Vale ressaltar que esta feitio é aquela famosa pé de boi: sequer recebe ar-condicionado e assistência elétrica da direção. De destaque mesmo só os quatro airbags, preparação para som, preâmbulo interna da tampa do porta-malas e indicador de troca de marcha.

Leia mais:  F5 - Televisão - The Four Brasil: Alma Thomas é a vencedora com 50,58% dos votos

3. Fiat Uno

fiat uno attractive 2020
Fiat | Divulgação
  • Preço: R$ 56.190
  • Versão: Attractive (única)
  • Motor: 1.0 8V

Para fechar o pódio dos carros mais baratos do país, não tem jeito: temos de ultrapassar a régua dos R$ 50 milénio – e ultrapassar com folgas. Recentemente, o Uno passou a ser comercializado em versão única de aprimoramento Attraction por mais de R$ 56 milénio.

Triste que o Uno foi réprobo a usar exclusivamente o velho motor Fire – as duas outras opções do hatch eram equipadas com o 1.0 Firefly tricilíndrico. Pelo menos, o fruto único tem o mínimo para se viver no trânsito: ar-condicionado, direção com assistência hidráulica e vidros dianteiros e travas elétricos.

A dieta na risca Uno não é ocasional. O compacto com quase 40 anos de mercado está para se reformar. Esta segunda geração, lançada em 2010, apesar de ter metafórico entre os 20 mais emplacados de 2020, vem registrando queda nas vendas.

4. Fiat Grand Siena

fiat grand siena 2020 reduzido 01
  • Preço inicial: R$ 58.590
  • Versão: 1.0
  • Motor: 1.0 8V

Mais um Fiat veterano na lista dos carros mais baratos do país, só que leste desponta uma vez que o sedã mais em conta do pedaço. O Grand Siena também é outro que usa o manjado motor 1.0 Fire, mas oferece espaço superior aos figurantes do pódio do ranking. Além de bom vão para as pernas no banco de trás, tem um generoso porta-malas de 520 litros.

Esse dispêndio/favor é que faz do padrão, inclusive, se manter no mercado. Também tem uma lista de itens de série básica. Sai de fábrica com ar, direção hidráulica, vidros dianteiros e travas elétricos, luzes de leitura na cabine, computador de bordo e desembaçador traseiro.

  • Boris Feldman comenta sobre os carros populares:

5. Hyundai HB20

hyundai hb20 sense 2022 visto de lado
  • Preço inicial: R$ 59.290
  • Versão inicial: Sense
  • Motor: 1.0 12V

Enfim, um projeto um pouco mais novo nesta relação. A segunda geração do compacto da marca sul-coreana consegue se manter inferior dos R$ 60 milénio com esta feitio de ingresso Sense. Em meio a tantas opções de conjunto mecânico da risca, o padrão de ingresso usa o eficiente – e até esperto, guardada as devidas proporções – motor três canecos aspirado.

Leia mais:  Há 210 anos saia o primeiro jornal impresso do Brasil

E olha que lícito: é o sege mais barato do Brasil atualmente a oferecer, de série, controles de firmeza e tração e assistente à partida em rampas. Completam a lista os airbags laterais além dos frontais obrigatórios, ar, direção elétrica, som com Bluetooth, computador de bordo, vidros dianteiros e travas elétricos.

6. Chevrolet Joy

(*10*)
  • Preço: R$ 60.360
  • Versão: única
  • Motor: 1.0 8V

A velha geração do hatch continua à venda para ser o primeiro GM entre os carros mais baratos do país. Todavia, resiste também mais pela produção interrompida da segunda geração do compacto há meses, devido à falta de componentes. O velho Onix, rebatizado de Joy, a propósito, sobrevive no mercado para tapar esse buraco deixado na risca, pois vende pouco em confrontação ao irmão mais moderno.

O dispêndio/favor não é dos melhores. É vendido exclusivamente com o velho motor 1.0 com câmbio manual de seis marchas e o esperado em equipamentos: ar, direção elétrica, rebate, computador de bordo, limpador e desembaçador traseiros, vidros dianteiros e travas elétricos, regulagem de fundura do farol e chave tipo canivete. É outro que pode trespassar de risca depois a normalização da produção do Onix.

7. Volkswagen Gol

vw gol vermelho 2021 mais barato
  • Preço inicial: R$ 61.160
  • Versão: 1.0
  • Motor: 1.0 8V

O veterano hatch compacto, ex-líder de mercado, consegue se manter entre os 10 carros mais baratos do país graças a esta feitio básica. Usa o também velho motor 1.0 EA111, muito disposto e com o muito escalonado câmbio manual de cinco marchas, com engates bastante precisos.

É outro que pouco empolga na lista de itens de série. Chega às lojas com ar, direção hidráulica, suporte para celular, chave tipo canivete e vidros dianteiros e travas elétricos. Lançado em 2008 e feito sobre a plataforma do Fox (de 2002), o Gol é um dos modelos considerados mais defasados do país e sobrevive à base de reestilizações e (boas) vendas diretas. Uma novidade geração (ainda) é aguardada para 2023.

8. Volkswagen Fox

volkswagen fox 2021 prata
  • Preço inicial: R$ 62.340
  • Versão: Connect
  • Motor: 1.6 8V

O padrão mais velho entre os carros mais baratos é o hatch altinho da Volkswagen, que permanece no mercado há quase 20 anos. Mas justamente por estar nesta lista é verosímil entender porque o Fox ainda existe. Você vai na concessionária da Volks e olha o Fox, pouco mais de R$ 1 milénio mais dispendioso que o Gol, com sensação melhor de espaço interno e motor 1.6…

Leia mais:  Qual o menor estado do Brasil? Descubra!

Tem isso: o Fox é o sege mais barato a usar motor que não seja 1.0. No caso, é o manjado 1.6 com comando simples no cabeçote, mas que é muito disposto com seus até 104 cv de potência. E é o que tem lista de equipamentos das mais interessantes.

Em relação ao Gol de ingresso, por exemplo, recebe a mais médio multimídia, controle remoto na chave, sensor de ré, retrovisores e vidros traseiros elétricos, volante com ajustes de fundura e de profundidade, faróis de neblina, direção elétrica e piloto automático. Mas também é um dos carros mais defasados do país e um dos mais antigos em produção.

9. Nissan V-Drive

novo nissan versa v drive 2020 seda sedan
  • Preço inicial: R$ 64.490
  • Versão: 1.0 MT
  • Motor: 1.0 12V

O segundo sedã a figurar entre os veículos menos caros é a antiga geração do Versa. Renomeada uma vez que V-Drive, o padrão se destaca pelo espaço interno generoso para o segmento de compactos, além de porta-malas com respeitáveis 460 litros. Outro destaque diz saudação à manutenção: tem as revisões com preço fixo mais em conta entre os carros mais baratos.

O motor é o 1.0 três-cilindros, com câmbio manual de cinco marchas. A lista de equipamentos é mais do mesmo: ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, computador de bordo e travas elétricas com controle remoto na chave.

10. Chevrolet Onix

chevrolet onix mt 2021 preto
  • Preço inicial: R$ 64.990
  • Versão: 1.0 MT
  • Motor: 1.0 12V

Quem fecha a nossa lista de carros mais baratos do mercado brasílico é a segunda geração do compacto da General Motors, que padece na risca produção pela falta de semicondutores. Pelo menos, ao lado do HB20, é um dos modelos mais modernos da relação, e um dos mais equipados.

Desde esta versão de ingresso, o Onix entrega seis airbags, controles de firmeza, tração e subidas, ar-condicionado, direção elétrica, som com Bluetooth, computador de bordo, chave tipo canivete, vidros (nas quatro portas) e travas elétricos e até o que podemos considerar “mimos” dentro deste ranking, uma vez que sistema de luz “siga-me” dos faróis e luzes de cortesia na cabine e no porta-malas.

Outros carros mais baratos inferior de R$ 70 milénio

  • Chevrolet Joy Plus: R$ 64.790
  • Hyundai HB20S Vision: R$ 66.490
  • Renault Sandero Zen: R$ 68.090
  • Renault Logan Life: R$ 68.390

you are watchingt: Os 10 carros mais baratos do Brasil em 2021: preços e análises
Source Website: https://sacaairports.org
Categoría: brasil

Leave a Reply