Webinar: o que é, como funciona e quais os seus benefícios

Você sabia que é provável atrair novos clientes e ainda reafirmar a sua mando no mercado de uma maneira prática e com plebeu dispêndio de implementação? 

Isso é provável com um webinar.

Se você ainda não sabe o que é um webinar, calma aí que eu já te explico. 

Mas antes eu preciso te descrever que você pode realizá-lo na comodidade da sua morada ou do seu escritório.

E o melhor: com investimento plebeu, sem a premência de grandes recursos e ainda pode impactar inúmeras pessoas ao mesmo tempo. 

E olha que esses são exclusivamente alguns dos benefícios de um webinar muito feito para o seu negócio.

Quer saber mais? 

Nesse cláusula, vou te mostrar de uma maneira simples como você mesmo pode realizar o seu próprio webinar.  

Você vai ver: 

  • O que é webinar;

  • Os 3 principais benefícios de um webinar;

  • Como fazer um webinar passo a passo;

  • Qual a melhor plataforma para transmitir o seu webinar.

Tudo o que você precisa fazer é continuar lendo o cláusula até o final. 

Vamos? 

O que é webinar?

Para que você entenda melhor do que se trata um webinar, vamos partir do princípio. 

Webinar, como você já deve imaginar, é uma termo originada do inglês e serve como uma abreviatura para web-based seminar (seminário realizado pela internet, em livre tradução). 

No Brasil, é generalidade ouvirmos uma versão aportuguesada do termo, webinário. 

Na prática, o webinar é uma espécie de videoconferência utilizada tanto para fins comerciais quanto educacionais. 

Também é feito para entregar conteúdos ricos, gerar leads e firmar a sua mando sobre um determinado tópico. 

Imagine o seguinte cenário: 

Você precisa planejar uma palestra que irá declarar a mando da sua empresa sobre um tópico de grande interesse do seu público. 

Lotar um auditório e palestrar por horas a fio parece uma boa opção, evidente? Porém, esse é um tipo de evento que exige um grande planejamento, uma grande equipe e um bom orçamento para arcar com os custos necessários. 

Agora imagine poder fazer um evento que terá o mesmo objetivo, irá saber um número maior de pessoas e pode ser feito remotamente, seja da sua morada, de um estúdio ou do escritório da sua empresa. 

Isso é um webinar! 

Além de prático, o webinar é uma ótima instrumento na hora de aprimorar o relacionamento com o seu cliente. 

Agora que eu te expliquei o que de vestimenta é um webinar, está na hora de saber os benefícios que essa opção pode trazer para o seu negócio. 

Conheça 3 benefícios de um webinar

Depois de entender um pouco melhor o significado de webinar, está na hora de saber os benefícios que ele pode trazer para o seu negócio. Confira: 

1.  Conquiste a atenção do seu público

Esse é um recurso que vem se mostrando cada vez mais útil para negócios que buscam aprimorar o relacionamento com o seu público. 

Como você já deve ter notado, hoje, a atenção da sua audiência está cada vez mais concorrida. 

Além de anúncios, banners, e-mails e pop-ups, agora você também disputa a atenção do seu consumidor com inúmeras notificações de redes sociais.

De conformidade com um estudo realizado pelo Youtube, nos últimos 5 anos o consumo de vídeos online cresceu em 165%. 

Não é por eventualidade que a preferência pelo consumo de teor em vídeo vem crescendo cada vez mais. 

Esse prolongamento acontece pois grande secção do público online prefere consumir a informação de maneira contínua, prática e sem interrupções. 

E dessa forma, o webinar veio para somar com as estratégias de marketing que você já vem utilizando. Aliando o teor escrito com o teor em vídeo para ocupar a atenção da sua audiência. 

2. Aumente o seu engajamento

Mesmo que a sua foto esteja estampada ao final de cada cláusula publicado em seu blog, apresentar um teor em vídeo pode levar a sua conexão com o seu público outro patamar. 

Pense comigo, quando você está lendo um teor em um cláusula de blog, você só tem aproximação às informações que estão descritas alí, sem a possibilidade de discutir em tempo real sobre o tema com o responsável do texto.  

Em um webinar ao vivo, além de ter aproximação subitâneo ao teor, o seu público pode interagir com você por meio de perguntas relacionadas ao tema pelo chat disponível na plataforma. 

Essas interações reforçam a mando da sua marca, uma vez que você assume o lugar de profissional em um determinado tópico. 

Leia mais:  Saiba quais as datas e o que prevê a lei!

Essa relação de proximidade concretiza a sua conexão com o seu público e aumenta a sua taxa de conversão.

3. Aumento no tráfico do site

Além de manter o seu público discreto e engajado, o webinar cria uma verdadeira reação em enxovia positiva. 

Primeiro, vêm os leads que alimentam a sua lista de e-mails.

Depois, surgem as interações com o seu site, blog e redes sociais.

E como consequência, há um aumento do público com potencial interesse nas soluções que a sua empresa oferece. 

Como eu posso fazer um webinar?

Agora que eu já te expliquei o que é um webinar e quais são os seus benefícios, eu sei o que você deve estar pensando:  

“Mas, como eu posso fazer um webinar?”

Fazer um webinar não é uma tarefa difícil, mas grande secção do sucesso dessa ação depende do planejamento. 

O ideal é que você se dedique aos detalhes da estratégia com pelo menos um mês de antecedência, criando uma sequência de etapas para antes, durante e depois do seu evento online. 

Nas próximas linhas, eu te explico o passo a passo de tudo o que você precisa saber para realizar um webinar de sucesso. Confira:

1. Escolha uma plataforma

Essa pode parecer uma lanço simples ou até mesmo boba, mas pense comigo…

Se você fosse apresentar uma palestra ao vivo em um auditório, logicamente uma das primeiras coisas que você deveria fazer seria entrar em contato com a equipe responsável pelo aluguel do espaço e verificar as datas disponíveis. 

Por fim de contas, sem um espaço você não tem um evento. Evidente?

Com o webinar, não é dissemelhante. Trazendo esse exemplo para o nosso universo do dedo, o auditório se torna a plataforma escolhida para a exibição da sua conferência. 

Não adiantaria em zero você planejar todo o seu evento, gastar horas pesquisando referências e montar uma apresentação impecável sem antes saber em que plataforma irá exibir o seu webinar. 

Para te facilitar nessa importante decisão, eu preparei um tópico peculiar com uma lista de ferramentas que podem te ajudar nessa jornada. 

Continue lendo esse cláusula que mais a frente eu irei te explicar um pouco mais sobre cada uma delas. 

Reserve um tempo, leia com calma e pesquise cada uma delas para ter a certeza de que a escolhida atenderá às suas necessidades durante o seu evento. 

2. Defina o tema

Depois de definir qual será a sua plataforma, está na hora de escolher o tema que será abordado durante a transmissão. 

Essa pode parecer a lanço mais fácil, mas não se engane.

Os resultados do seu webinar dependem necessariamente do tema que será apresentado.

Se você ainda não tem uma base de e-mail e deseja gerar leads, deverá apresentar um teor mais extenso. 

Suponhamos que o seu negócio atue na extensão de proteção de dados e você está construindo a sua audiência. É interessante abordar um tema que desperte o interesse mas que seja de fácil compreensão. 

Exemplo: LGPD – Tudo o que você precisa saber sobre novidade lei de proteção de dados. 

Mas se você já possui uma lista e pretende qualificar os seus leads, escolha um tópico segmentado e ofereça um teor mais avançado. 

Ainda pensando hipoteticamente em uma empresa que atua com proteção de dados, um bom tema para seu webinar seria: LGPD – Como adequar o meu site para as novas regras?

Nesse caso, você deve fazer um tirocínio semelhante ao que adota para a escolha de temas para o seu blog (caso tenha um). 

Realize uma pesquisa de palavras-chave para identificar os assuntos de maior interesse do seu público escopo. 

Simples que você não precisa usar os termos mais buscados no Google em sua apresentação, mas conhecê-los irá te ajudar a entender melhor aquilo que o público deseja saber. 

Dessa forma, você poderá guiar a sua apresentação por um caminho mais assertivo. 

3. Escolha uma data

Todo grande evento precisa de uma data para suceder, e com o webinar isso não é dissemelhante. 

Não caia no erro de marcar o seu webinar para a véspera de um feriado, datas comemorativas ou para uma sexta-feira. 

Por mais que o tema escolhido para o seu webinar seja incrivelmente revolucionário e possa mudar vidas, a maioria das pessoas já têm planos para essas ocasiões e dificilmente irão mudá-los para observar a sua conferência. 

Leia mais:  Saiba o que acontece no final de O Que a Vida Me Roubou

Fique discreto! 

Dica: quanto menor a possibilidade do seu webinar concorrer com outras eventualidades que possam impactar diretamente a sua audiência, melhor! 

4. Crie uma landing page

Agora que você já definiu o tema, data e horário do seu webinar, está na hora de caprichar na  landing page para prometer que os usuários do seu site se inscrevam e participem do evento. 

Ainda não sabe o que é uma landing page? Sem problema, eu te explico. 😉 

A landing page é uma página voltada para conversão. 

Também conhecida como página de aterrissagem, ela é totalmente dedicada a levar o visitante do seu site a realizar uma ação.

No caso de um webinar, por ter um layout mais limpo e sem distrações, ela funciona como um invitação para os visitantes se inscreverem.

O objetivo cá é promover conversão do visitante em um inscrito para participar do seu webinar.  

Fabricar uma landing page do zero pode parecer trabalhoso, principalmente se você precisar colocar a mão no código ou contratar um desenvolvedor para isso, mas fique tranquilo que o Klickpages foi desenvolvido justamente para tornar esse processo mais simples. 

Com ele você pode produzir a sua página a partir de modelos prontos já testados no mercado, customizar com as cores e textos da sua marca e estar com a sua página publicada pronta para ser divulgada em questão de horas ou até mesmo minutos.

Quer saber mais sobre o Klickpages? Clique cá e descubra como ele pode te ajudar. 

5. Divulgação

Assim como todo grande evento, o sucesso do seu webinar também depende de uma boa divulgação. 

Depois de ter se devotado tanto tempo para planejar esse webinar, acredito que você quer que ele seja visto por muita gente. 

Portanto, essa é a hora de caprichar na divulgação da sua conferência para que ela alcance o público desejado. 

Como você pode fazer isso? 

Existem três ótimas maneiras de promover o seu webinar: e-mail marketing, mídias sociais e CTA no seu blog. 

Se você já tem uma base de e-mails consolidada, essa opção será muito útil para o sucesso do seu evento. 

Agora, se o seu público é mais ativo nas redes sociais, com um investimento em anúncios você poderá saber ótimos resultados. 

Para a divulgação no seu blog, você pode grafar um cláusula que aborde o mesmo tema escolhido para o seu webinar, mas evidente, sem entregar todo o teor. Finalize com uma chamada para ação que direciona o seu leitor para a letreiro no seu webinário. 

Por exemplo: 

Ainda em dúvidas sobre como produzir um e-mail profissional? Inscreva-se no nosso webinar restrito clicando cá e diga adeus aos erros. 

Divulgação alinhada? Portanto vamos seguir para a próxima lanço. 

6. Prepare um roteiro

Tudo pronto para o seu webinar? Portanto agora é a hora de preparar o roteiro que te guiará durante a transmissão.  

Mesmo que você já tenha se pronto e saiba exatamente tudo o que irá falar, imprevistos podem suceder. 

E se na hora te der um branco? 

Por isso, é importante edificar um roteiro para que caso qualquer imprevisto ocorra, você consiga contornar a situação e dar sequência ao tópico. 

Além de um roteiro para te guiar, é importante pensar em recursos visuais que irão facilitar o entendimento do seu público. 

Você pode produzir um slide com tópicos, imagens e gráficos que ilustram o tema abordado e auxiliam a compreensão do seu público. 

7. Apresente o seu webinar

Chegou o grande dia! Antes de iniciar a sua apresentação, reserve um tempo para checar a conexão da sua internet e substanciar o convites para quem se inscreveu no seu webinar. 

Mesmo que você opte por apresentar o seu webinar sozinho, é importante descrever com o espeque de alguém para te facilitar por de trás das câmeras, seja na leitura de comentários ou até mesmo para verificar a conexão transmissão. 

Durante a apresentação, procure transmitir as informações da forma mais clara e didática provável. 

Essa é uma oportunidade de estreitar os laços com o seu público. Capriche! 

Lembre-se: agradeça a participação da sua audiência ao iniciar e ao fechar o seu webinar.  

8. Avalie o resultado 

Como toda boa estratégia de marketing, é importante estabelecer metas para o seu webinar e, depois o evento, verificar se elas foram alcançadas. 

O número de participantes condizem com as suas pretensões? Foi muito dissemelhante do número de inscritos? 

Leia mais:  O que é mito? - Toda Matéria

Além de realizar essa estudo, é importante promover uma pesquisa de satisfação para aqueles que participaram do seu webinar. 

Você pode enviar um e-mail de gratulação pela participação escoltado de uma rápida pesquisa. 

9. Disponibilize o webinar para quem não viu

Você teve um grande trabalho para realizar esse evento e ele não pode ser descartado depois a sua exibição. 

Por isso, uma ótima maneira de continuar colhendo frutos com esse teor é disponibilizando o webinar em plataformas como o YouTube, por exemplo. 

Além de continuar reforçando a sua mando, esse teor pode atrair a atenção da sua audiência e gerar tráfico para o seu site, blog ou outra plataforma escolhida para disponibilizar o seu vídeo.  

Qual a melhor plataforma para transmitir o meu webinar? 

Como eu te falei anteriormente, a escolha da plataforma que sediará o seu webinar é muito importante e por isso eu resolvi destinar um tópico inteiro deste cláusula para te ajudar nessa escolha. 

Por definição, o webinar é um teor transmitido ao vivo e quando eu penso nesse tipo de transmissão, me lembro das lives realizadas por plataformas como o Facebook, Instagram ou pelo Youtube. 

O que caracteriza o webinar é exatamente a oferta de um teor rico transmitido de forma ao vivo ou pré-gravado. 

Com as inúmeras facilidades tecnológicas da atualidade, transmitir o seu webinar não é uma tarefa difícil. 

Caso você esteja lendo esse cláusula pelo seu celular, saiba que esse poder está, literalmente, na palma das suas mãos.

Como dito nas últimas linhas, as facilidades tecnológicas estão disponíveis para te ajudar na hora de colocar o seu webinário no ar. 

Mas agora a pergunta que não quer silenciar: 

Qual a plataforma eu devo escolher? 

A resposta para essa pergunta é… depende!

E digo isso, porque realmente vai depender do que você tem em mente e do que você precisa. 

Hoje, existem diversas plataformas que irão facilitar a sua experiência. Desde as mais simples até mesmo as mais sofiticadas.

A escolha da plataforma irá depender do seu nível de habilidade para manusear a instrumento.  

Se você é um iniciante e essa é de vestimenta a sua primeira experiência com um webinar, eu te indico iniciar com alguma coisa mais simples e também eficiente.

Existem algumas plataformas que oferecem experiências gratuitas como o Facebook, Google Hangouts, Instagram e o Youtube.

Essas são plataformas mais populares e de fácil aproximação. Certamente você já deve estar familiarizado com alguma delas e poderá realizar um bom trabalho.

Agora, se você já é mais experiente e procura por uma plataforma mais robusta, pode optar por plataformas como o GotoWebinar ou WebinarJam. 

Por se tratarem de plataformas pagas, essas duas oferecem um serviço mais avançado e recursos mais sofisticados como pintura de engajamento, integração com softwares de marketing, relatórios de desempenho e identidade visual exclusiva. 

Mão na tamanho 

Como você já deve saber, a melhor forma de fixar os novos conhecimentos adquiridos é, justamente, colocando eles em prática.

Nesse cláusula eu te expliquei o que de vestimenta é um webinar, seus benefícios para a sua empresa e o passo a passo de como realizá-lo. 

Agora é o momento de apurar os seus novos conhecimentos colocando eles em prática! 

Ah, e não se esqueça. Sempre que tiver alguma incerteza, você pode voltar cá e reler esse teor! 😉

Gostou desse cláusula? Clique cá e se inscreva na newsletter do Klickpages para receber semanalmente mais conteúdos como esse na sua caixa de ingresso.

(Levante cláusula foi originalmente publicado em 25 de setembro de 2017 e atualizado em 22 de outubro de 2020 por João Pedro Ferreira para oferecer informações mais precisas e completas).

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Sobre o Responsável

João Ferreira

Olá! Me chamo João Pedro, mas todo mundo me labareda de João. Faço secção do time de teor cá do Klickpages e estou sempre buscando novos aprendizados na extensão de notícia e marketing. Como todo mineiro, não dispenso um bom moca e uma ótima conversa. No meu tempo livre estou sempre antenado nas novidades da cultura pop, atualizando a minha lista de séries, vendo um bom filme, ouvindo o mais novo hit do momento, rindo muito enquanto ouço os meus Podcasts favoritos ou criando alguma teoria sobre o multiverso da Marvel.


you are watchingt: Webinar: o que é, como funciona e quais os seus benefícios
Source Website: https://sacaairports.org
Categoría: o que

Leave a Reply